[ editar artigo]

Degraus na escada para o milagre

Degraus na escada para o milagre

ARTIGO DO GARY CRAIG GENTILMENTE TRADUZIDO PELA LUDMILA Macedo Leitão, nossa querida colega que nos ajuda muito nas traduções! 

Este artigo é importante porque mostra os pressupostos de todo EFT: Unidade de tudo, de todos, solidariedade, comunhão de todos nós com animais, plantas, mineirais, etc).

Eu não esperava me apaixonar, especialmente por uma borboleta.

Mas eu me apaixonei e ainda estou apaixonado. Não é um amor romântico. É muito mais do que isso. É um amor Unidade... a forma mais profunda que jamais desaparece.

Eis a história...

Alguns anos atrás, em uma manhã ensolarada, eu estava correndo em uma praia perto de casa. Quando terminei a corrida reparei em um bando de lindas borboletas monarcas (talvez umas cem) pousando na areia molhada logo depois que a água recuava.

Era uma visão resplandescente. Um doce para os olhos. Suas largas asas laranja e pretas abriam e fechavamem uma sinfonia de cores dançantes. Uma experiência mesmerizante.

Então, como era de se esperar, a maré retornou, subindo pela areia molhada, e as borboletas instintivamente levantaram vôo em um glorioso recuo.

Todas menos uma.

A água alcançou-a como uma cascata sobre seu corpo, encharcou suas asas e recuou outra vez... deixando a borboleta desamparada sobre a areia molhada.

Eu rapidamente fui em seu socorro, levantei-a pelas asas e fomos, eu e ela, subindo pela praia até a areia seca. Lé eu me sentei em um grande tronco de madeira, coloquei a borboleta na palma da mão e liberei suas asas.

A borboleta conseguia andar na minha mão, mas estava severamente prejudicada porque suas asas estavam molhadas e grudadas uma na outra. Pensei em separar as asas, mas fiquei com medo que meus grandes dedos pudessem ferir as delicadas asas.

Então deixei-a em minha mão aberta e esperei, na esperança de que o sol secasse as asas e restaurasse a normalidade de minha nova amiga.

Foi então q me apaixonei.

Ali estávamos nós. Duas almas comprometidas, de espécies absolutamente diferentes, unidas em um um objetivo comum de cura. Para que isso funcionasse, precisávamos confiar.

Eu estava determinado a ficar ali o tempo que fosse necessário, confiando que o sol, a natureza, Deus (o Terapeuta Interior) fizessem o que fosse necessário. A borboleta fazia a mesma coisa e confiava em MIM. Eu era muito maior do que a borboleta e ela poderia ter fugido da minha mão, amedrontada.

Ao invés disso, ela ficou, pois nossa união era parte de um processo amoroso de cura. Não posso falar pela borboleta, mas de minha parte, entrei em um estado focado, pacífico. Foram embora os pensamentos ricocheteando em minha cabeça e todas as preocupações desse mundo ilusório. Ficou apenas uma paz paciente dedicada à cura da minha amiga.

Naquela época eu não tinha um nome para o Terapeuta Interior, mas posso lhe assegurar que Ele estava presente. Você vai entender o que isso significa quando chegar a sua vez de experienciar esse tipo de coisa.

Como eu disse anteriormente, esse foi um amor Unidade. Como tal, foi muito mais nobre do que o amor humano que buscamos constantemente. A borboleta e eu não tínhamos expectativas com relação um ao outro.

Não estávamos "comercializando amor" ( vou amá-la se você me amar). Estávamos simplesmente compartilhando um momento de grandeza em que, mais uma vez, todas as minhas preocupações mundanas desapareceram no vazio.

Embora pudesse parecer que a borboleta fosse a beneficiária imediata, eu o exorto a aceitar que esse tipo de conexão amorosa beneficiou a ambos de uma forma nem sempre reconhecida instantaneamente. Mais ainda, que o amor tem um jeito transcendente de afetar muitas outras pessoas.

Talvez, através desse artigo, esteja afetando você.

Levou 20 ou 25 minutos, mas o sol afinal secou totalmente as asas da minha adorável amiga. Elas se separaram (desgrudaram) e vagarosamente oscilaram, se preparando para o vôo. Momentos depois minha amiga levantou vôo com sua liberdade restabelecida. 


Algumas vezes desejo que minha companheira borboleta reapareça para que possamos passar mais tempo juntos. Mas qual o quê! Borboletas não vivem muito tempo e assim, não é provável que nossa visita física venha a acontecer.

Tudo bem. Nosso amor Unidade transcende às coisas físicas. Ele traz lembranças radiantes que se destacam na paisagem de nossa existência.

Precisamos de borboletas para conquistar esse amor? Não. As oportunidades estão ao nosso redor. Junte-se a alguém em um trabalho de cura e você está no caminho. É disso que o Optimal EFT e o Terapeuta Interior tratam.

Faça de alguém a sua borboleta.

Amor Unidade, Gary.

Comunidade EFT Oficial
Sonia Novinsky
Sonia Novinsky Seguir

Psicoterapeuta . Diretora do Centro Gary Craig de Treinamento em EFT Oficial no Brasil. Atendimento on line e presencial. Supervisão em grupo para EFT Oficial ( tapping e Optimal). Práticas grupais de EFT. Contatos pelo whats: 11999941415

Ler matéria completa
Indicados para você