[ editar artigo]

DOENÇAS GRAVES E EFT

DOENÇAS GRAVES E EFT

  Este tema foi mais um que Gary abordou em Agosto lá em Sea Ranch. 

Mas eu gostaria de contar a experiência que tive um dia desses, quando fui ver uma pessoa  está com câncer bastante grave. Ë uma pessoa muito espiritualizada, muito segura de suas decisões, muito serena. Eu me espantei que ela chegasse a produzir um câncer. Sempre me pareceu muito bem resolvida nas suas questões. Ela me pediu para tentarmos um Optimal EFT e mesmo hesitante porque  sem saber por onde começar porque ela sempre me dizia, me sinto grata por tudo, sem ressentimentos, sem mágoas, só tive de todos o maior apoio e o maior amor. Mesmo o câncer ela estava ressignificando, dizendo que ele viera para lhe ensinar algo importante, que seria para seu crescimento e tirar de uma acomodação que talvez vivesse.

Como chegar a um core issue ( questão central) que pudesse gerar um câncer se nada emocionalmente negativo aparecia na sua fala? Fui conversando, aliás isso que me parece que é interessante fazer quando não sabemos por onde começar. Fui voltando para trás, na sua vida. Ela é divorciada há muitos anos, seus filhos já são pessoas adultas, fui voltando para o seu casamento, para a criação de seus filhos, para seu marido, para a separação. Ela me contou que foi uma decisão dela, Me falava que todas decisões que tomou foram com segurança, que sempre soube o que precisava fazer e não se culpava ou arrependia. Mas eu fui insistindo nos detalhes, o que lhe incomodava em casa, e ela realmente não apreciava seu marido desde o início, casara-se meio que no entusiasmo juvenil de um trabalho voluntário que faziam juntos, sem realmente um vínculo profundo. E perguntei dos seus filhos, que ela adora, e que lhe dão o maior apoio hoje com a doença recente. Aí eu vi que abriu-se uma porta para a dor no seu peito. Havia ali uma contração, percebi pelo seu olhar, pela voz, pela respiração. É muito importante estar atento aos sinais corporais quando se faz perguntas aos pacientes, porque em algum momento, se há dor ou emoções profundas, a fala mental dá lugar a uma fala conectada com a corporeidade e o coração.

Com a voz diferente, ela me contou que a filha nasceu linda, loirinha, e que um ano depois nasceu o filho, muito comprido e pesado, e que já bebê, e depois menino apresentou sinais de obesidade grave. E de alguma forma duas crianças nunca foram capazes de se entender e demonstrar afeto positivo. Manifestavam ciúmes o tempo todo, de uma forma sempre agressiva e conflituosa, brigando o tempo inteiro. O menino sempre mais problemático lutando contra a gordura, comendo vorazmente, quanto mais tenso ficava. E segundo ela, foram brigas intensas e insuportáveis desde os 3 anos até os 50 ininterruptamente.O rapaz chegou aos 180 quilos quando fez a cirurgia de redução do estômago. A dor por este filho que nunca foi feliz mesmo, eu percebi, e a partir de então comecei a fazer o Optimal EFT na conversa mesmo. A dor por estes conflitos insolúveis entre os dois, uma dor impotente para mudar a relação que se manteve desta forma negativa, ficou muito clara para mim e para ela. Esta pessoa linda, amor puro, generosidade pura, espiritualidade extremamente consistente, se viu neste desafio de ter que fazer face a brigas insolúveis em casa, entre pessoas que eram carne da sua carne, parte de si mesmo. Esta dor impotente foi o que entregamos para o Terapeuta Interior, para que dissolvesse este registro de décadas, e que pudesse sair deste lugar, se abrindo para uma desistência de lutar mesmo que em silencio por uma paz que parecia impossível. E neste momento fiquei sabendo por ela que, com seu câncer seus filhos se uniram, estavam solidários um com outro para ajudá-la. Pela primeira vez. E aí vemos como o inconsciente é sábio, ele vai encontrar uma forma , neste caso , criando um câncer de tentar chamar ao amor , que é o que ela necessitava, estes dois irmãos que se digladiaram durante tantos anos. Neste momento ela se deu conta da relação entre esta dor oculta durante tantos anos e estes nódulos invisíveis dentro de si que estavam lá há muitos anos segundo os médicos. É um câncer que cresce lentamente. Mencionou para mim após uma rodada do Optimal EFT que sentia um alívio no peito, que só agregava mais paz e mais confiança no seu processo de cura. Se prepara para a cirurgia com mais confiança que estes filhos possam encontrar harmonia e respeito em suas diferenças. E sua parte, a desistencia do inconformismo perante estes filhos em luta  que a fazia gerar esta dor silenciosa há tantos anos. Ela como que se afastou da vida para se refugiar nos estudos e na prática espiritual e, sentiu que o seu corpo com este chamado de alerta, através da doença a trouxe de novo para a  vida, ao sentir a união de todos  a vitalidade do sentimento amoroso no coração voltou. Que a cura se faça rapidamente é o que seguirei trabalhando por ela a distancia. Vejam o vídeo, que é uma síntese do que detalhei aqui para vocês.

TODAS AS INFORMAÇÕES SOBRE OS CONTEÚDOS E PREÇOS DOS NOSSOS CURSOS ESTÃO AQUI 
 

 

 

ACADEMIA CLINICA
Sonia Novinsky
Sonia Novinsky Seguir

Psicoterapeuta . Diretora do Centro Gary Craig de Treinamento em EFT Oficial no Brasil. Atendimento on line e presencial. Supervisão em grupo para EFT Oficial ( tapping e Optimal). Práticas grupais de EFT. Contatos pelo whats: 11999941415

Ler matéria completa
Indicados para você