[ editar artigo]

O encontro com Terapeuta interior. Por María de Fátima Rodrigues

O encontro com Terapeuta interior.
Por María de Fátima Rodrigues

Sempre fiquei me perguntando quando me sentiria pronta para atuar como terapeuta, um ponto para mim certo era que havia recebido a melhor formação do fundador do Gold EFT e o Optimal que é o Gary e que o desenvolvimento no Brasil sob a orientação da Sonia era o melhor. No entanto, depois de experiências com familiares eu queria vivenciar o tapping. Foi nesse contexto de me sentir preparada e ao mesmo tempo achar que sempre precisaria de mais formação. Foi nesse limiar, que uma amiga de longa data de trabalho, passando por um momento delicado da descoberta de um câncer no seio, me perguntou se eu faria um trabalho com ela. Fiquei gelada e pedi um tempo para me organizar, na verdade precisava de tempo para elaborar quais seriam as justificativas do “não”, esperava que ela que já faz terapia convencional fosse esquecer a proposta. Não ocorreu e me vi no agora ou nunca. Existia na minha cabeça a preocupação de sermos intimas e qual seria o limite entre a amiga e a terapeuta. Como não consegui fugir de mim mesma, marcamos que nos encontraríamos toda segunda-feira às três horas em minha casa. Sabia que tinha a técnica que eu acreditava, na qual resultados maravilhosos tinham conquistados comigo e com pessoas próximas. Expliquei como seria e começamos. Por ser muito mental a minha amiga achou muito estranho a introdução do caratê com o “me amo e me aceito” sabia que se em cada evento fosse necessário muitos o tapping não seria um bom percurso. Como sempre admirei o tapping eu deixava que o TI fosse atuando por iniciativa “própria” rsrs, no fundo da alma ter algo concreto como o toque nos meridianos me sustentava, me gerando mais segurança, entretanto, com a amiga não funcionava. Foi então, que comecei a diminuir o tapping, ou melhor, o fazia apenas para a introdução do evento trazido por ela e introduzi colocando na mesa para TI os nossos encontros e tudo mudou. Eu não tenho como descrever cada sessão com o TI porque são muitas nuances com riquezas, tão grande de cada momento, que não sei se as palavras dariam conta da transcrição real do vivido entre nós. O que quero dividir em minha experiência, é que o TI trás insight mais profundo naturalmente a cena, fazendo que tanto eu quanto ela tivéssemos mais esclarecimento e compreensão sobre os pontos da biografia dela. Sou muito grata ao TI de ter conseguido criar um percurso de entendimento das dores que afligiam a minha amiga e ainda criar condições de força para que enfrentasse o seu momento cirúrgico com outras perspectivas sobre si e da vida.  Tudo ocorreu maravilhosamente bem. Ela está ótima e pensa em retornar as sessões. E também compreendi que nos tornamos terapeuta, a cada caminho de estudo e encontro com a singularidade do outro, juntamente com a nossa.  

Agradeço a você Sonia por essa experiência!

COMENTÁRIO SONIA: Que lindo percurso Fatiminha! que possa progredir sempre neste caminho, que possam ter limpado todas as respostas emocionais negativas dos eventos da infância para que este câncer nunca mais volte. O câncer muitas vezes tem muito a ver com ressentimentos, mágoas, questões que não se conseguiu destinar de alguma forma,  de modo a nos libertarmos realmente das sequelas emocionais.

TODAS AS INFORMAÇÕES SOBRE OS CONTEÚDOS E PREÇOS DOS NOSSOS CURSOS ESTÃO AQUI 

ACADEMIA CLINICA
Sonia Novinsky
Sonia Novinsky Seguir

Psicoterapeuta . Diretora do Centro Gary Craig de Treinamento em EFT Oficial no Brasil. Atendimento on line e presencial. Supervisão em grupo para EFT Oficial ( tapping e Optimal). Práticas grupais de EFT. Contatos pelo whats: 11999941415

Ler matéria completa
Indicados para você