[ editar artigo]

Trauma de adolescência

Trauma de adolescência

Uma terapeuta me procurou porque estava muito triste. Ela estava se sentindo muito mal porque havia marcado um evento para apresentar uma técnica que ela tinha aprendido, estava muito empolgada porque havia acabado de se formar no curso e todo mundo havia falado que ia participar, mas ninguém apareceu. Isso a deixou muito mal, ela queria desistir da profissão, desmarcou todos os atendimentos e a sensação que ela tinha era de que queria desaparecer.  E foi uma situação bem forte para ela porque a pegou numa questão financeira. Ela dizia que sempre passou dificuldade, que não aguentava isso mais. Seu pai adotou a ideologia hippie em sua vida muito fortemente e condenava quem ganhava dinheiro.

Fomos aplicando EFT e foi muito bom, ela foi aliviando, chorava muito, fomos cuidando um pouco das relações familiares, principalmente da sua relação com seu pai.

E uma certa vez ela retomou o dia do evento que não apareceu ninguém, um dia de muita decepção, e nós ficamos em silêncio após um tapping bem forte. Então me veio uma imagem de uma pessoa caindo das nuvens, como se estivesse caindo do céu. E, sem pensar, eu comentei com ela: “você caiu das nuvens, né?”, ela me olhou um pouco perplexa porque, segundo ela, era exatamente isso que sentia e que o maior medo dela é de cair. Contou que sonhava muito que estava caindo, do elevador, da ponte. Aí logo questionei quando foi que ela caiu assim e aí ela, sem titubear, me contou sobre o que ela chamou de ‘a grande frustração da minha vida’, que foi o fim do seu primeiro namoro. Ela tinha 15 anos e eles estavam muito apaixonados mas os pais do namorado decidiram mudar de cidade e ele simplesmente foi embora, nunca mais deu notícias. Eles não tinham telefone, nessa época ninguém tinha celular e ela disse que foi uma fase terrível. Porque eles estavam muito bem e ele simplesmente foi embora. Ficaram 10 anos sem conversar. Ela sofreu muito!

Ela ficou muito bem depois de trabalhar esse término, voltou a atender normalmente. O EFT foi fundamental no trabalhoaliado a uma boa relação que tive com ela. Foi muito legal pois com ela eu não tinha muito medo de ficar em silêncio durante a sessão (costumo ter esse medo), eu não fiquei me cobrando por dar respostas ou interpretar. Pelo contrário, fiquei bem à vontade e atenta ao corpo e então veio essa imagem que não é nada demais, mas que oportunizou o tapping desse trauma do primeiro namoro e, a partir daí, ela seguiu muito bem.

TODAS AS INFORMAÇÕES SOBRE OS CONTEÚDOS E PREÇOS DOS NOSSOS CURSOS ESTÃO AQUI
E APROVEITE PARA SE INSCREVER AGORA, COM OS GRANDES DESCONTOS DA PROMOÇÃO DE VERÃO 2019 ! 

ACADEMIA CLINICA
Raissa Schiavo
Raissa Schiavo Seguir

Terapeuta EFT e Optimal. Atendimento online e presencial. Contato: 34 98401-7739

Ler matéria completa
Indicados para você